Varizes em jovens

Quando falamos em varizes, é muito comum vir a nossa mente a ideia de pessoas mais velhas ou idosos.

No entanto, numa incidência bem menor, esta doença pode afetar também os jovens de ambos os sexos.

A faixa etária mais comum para o surgimentos das varizes são dos 20 aos 50 anos e afeta mais as mulheres do que os homens.

As varizes apresentam casos muitos raros em crianças, mas vários casos na adolescência.

Quando as varizes surgem na adolescência é preciso cuidado redobrado, pois além da possibilidade de evoluir para um estágio mais sério, costuma afetar bastante a autoestima dos jovens.

Por que surgem varizes nos jovens?

Uma das principais causas das varizes é a carga genética. Se os pais desenvolvem as varizes, as chances de uma menina apresentar os primeiros “vasinhos” após a primeira menstruação é bastante provável.

Outro fator é que os jovens estão usando anticoncepcional cada vez mais cedo. O uso precoce dos anticoncepcionais podem potencializar o surgimento de pequenas varizes pois eles contém progesterona, estrógeno e uma alta dose de hormônios que podem prejudicar o sistema circulatório.

Se o histórico familiar é propenso ao desenvolvimento das varizes o ideal é partir para a prevenção, pois além do fator estético, que incomoda muito (principalmente as meninas), ainda tem a probabilidade que a doença se agrave trazendo complicações mais serias.

Quais os sintomas das varizes nos jovens?

Os sintomas são os mesmos: dores (principalmente nas pernas), manchas na pele, inchaço, formigamento, surgimento dos conhecidos “vasinhos” entre outros.

Como prevenir as varizes nos jovens?

O creme varizero certamente pode ajudar nisso, porém também é muito importante que os jovens sejam alertados sobre os fatores que podem desenvolver as varizes e evitá-los.

As prevenções básicas são:

  • Evitar o uso de bebida alcoólica e cigarro.
  • Não usar roupas muito apertadas que dificultam a circulação do sangue, principalmente nas coxas para não interromper o retorno do sangue venoso.
  • Evitar o uso de calçados com saltos altos. Usar de preferência saltos de 4cm de altura e uma base boa e segura.
  • Praticar atividades físicas regulares.
  • Manter uma alimentação saudável e equilibrada.
  • Manter-se no peso ideal para não sobrecarregar o sistema.

Como tratar as varizes nos jovens?

Os tratamentos são muitos. Existem métodos cada vez menos invasivos tornando o tratamentos dos “vasinhos” mais simples.

As aplicações de injeções esclerosantes são os mais comuns.

A aplicação de laser também é bastante utilizada e para alegria de quem precisa uma empresa no Brasil está sendo a pioneira no tratamento com micro espuma.

Todos estes procedimentos devem ser realizados em consultórios com profissionais especializados.

This entry was posted in Bem Estar. Bookmark the permalink.