Estratégias para prevenir a impotência sexual

Chegou até aqui atrás de dicas para evitar a impotência sexual? Então, veio ao lugar certo, confira nesse artigo estratégias simples, mas que funcionam, para prevenir a disfunção erétil.

Mesmo que o tabu em torno do problema tenha melhorado um pouco depois de 1998, com a chegada do Viagra, a impotência sexual continua sendo um assunto proibido para muitos homens.

O problema é que, em função de todo esse tabu, o tratamento acaba sendo adiado e, muitas vezes, o problema até piorando.

Hoje já existem diferentes tratamentos e medicamentos aprovados para tratar a impotência sexual, mas, algumas mudanças simples no estilo de vida podem ajudar a prevenir o problema. Confira quais são:

Aposte na dieta mediterrânea

Nada de torcer o nariz ao ouvir falar em dieta mediterrânea pois, ao contrário do que muita gente pensa, ela não exige grandes sacrifícios.

É uma dieta extremamente rica em gorduras monoinsaturadas saudáveis, que podemos encontrar em alimentos como o azeite de oliva, também com muitas frutas, verduras, amêndoas, nozes, leguminosas, grãos integrais e peixe, só não envolvendo muita carne vermelha.

Segundo estudos realizados com 100 homens com disfunção erétil a outros 100 sem esse problema, aqueles cuja dieta se aproximava mais da dieta mediterrânea eram menos sujeitos a sofrer de impotência sexual.

Ainda de acordo com esses estudos, a diferença seria pelo efeito anti-inflamatório da dieta, já que  inflamações contribuem para acumular placas de gordura (ateromas), que estreitam os vasos sanguíneos, diminuindo o volume de sangue que chega ao pênis e, claro, dificultando a ereção.

Aposte em receitas naturais

Antes de apelar para remédios como sildenafil (Viagra), tadalafil e vardenafil, que podem causar sérios efeitos colaterais, opte por alguns chás naturais a base de catuaba, gengibre, marapuama, até mesmo, alguns alimentos ou remédios naturais, que não oferecem riscos à saúde.

Se quiser tomar alguma coisa, o recomendado é um suplemento natural como o Laxpower que é seguro e funciona muito bem.

Vale saber que, muitas vezes, a impotência sexual não é o problema a ser tratado, mas, sim, a causa de alguma doença. Por isso, é fundamental, ao persistirem os episódios de impotência sexual, procurar a ajuda de um médico para que o mesmo possa avaliar e, dependendo do caso, definir o melhor tratamento.

Invista em atividades físicas

Acredite, as atividades físicas não ajudam só a deixar o corpo mais atlético,   mas também na ereção. Homens mais ativos fisicamente na meia-idade reduzem o risco de impotência sexual em 70%. Na verdade, as atividades físicas reduzem o risco de disfunção erétil mais até do que deixar de fumar, perder peso ou consumir menos bebida alcoólica.

Pare de fumar

De acordo com um estudo realizado com 7.684 chineses, o tabagismo era responsável por cerca de um em cada cinco casos de impotência sexual. E quanto mais fumar, mais chances de vir a ter problemas. Ainda, segundo esse estudo, fumar cerca de 20 cigarros por dia aumentava o risco em 60%, comparado a não fumar nenhum. A razão disso é que fumar contrai os vasos sanguíneos, contribuindo para o acúmulo de placas de gordura e diminuindo o fluxo sanguíneo das artérias. Ou seja, fumar também reduz os níveis de óxido nítrico, responsável por manter os vasos sanguíneos dilatados, inclusive, os do órgão sexual masculino.

Controle a glicemia

É preciso ter em mente que cerca de metade dos homens com diabetes tem problemas de ereção, ou seja, duas vezes a porcentagem de homens que não apresenta o problema.

This entry was posted in Bem Estar. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *