Depressão, quais são os sintomas?

A depressão é um problema sério, considerado uma doença de ordem psiquiátrica e crônica, que afeta o estado emocional de um indivíduo, afetando a sua vida de diversas formas.

Os sintomas de um paciente em depressão podem variar bastante, sendo apenas um ou vários deles combinados.

No entanto, o mais importante de tudo é sempre procurar ajuda médica para que possa haver um diagnóstico correto e para que seja instituído o melhor tratamento.

Um suplemento que tem ajudado a tratar pessoas com depressão é o Captril e tem sido amplamente recomendado por médicos e especialistas.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a depressão é considerada o mal do século.

Além dos sintomas mais comuns, ela ainda pode fazer com que a pessoa simplesmente perca o prazer de fazer coisas que antes gostava e que lhe faziam bem.

Mais do que isso, pode acontecer uma grande oscilação de humor e de pensamentos, o que pode acabar culminando em comportamentos e também em atos suicidas.

De acordo com a literatura científica e médica mundial, a depressão também causa alterações fisiológicas no organismo, podendo ser uma porta de entrada para outras patologias.

Pessoas com depressão, que apresentam prostração ou sensação de infelicidade constante, tem um sistema imune mais debilitado, ficando mais vulneráveis a infecções e processos inflamatórios, por exemplo.

Dependendo da gravidade, a depressão ainda pode desencadear problemas muito mais sérios, tais como problemas cardiovasculares, incluindo AVC, infarto e hipertensão.

 Sintomas da depressão

Muito além da tristeza profunda, irritabilidade, ansiedade, angústia e irritabilidade, a depressão pode ter diversos outros sintomas, que podem ser isolados ou se apresentarem em conjunto, veja:

  • Irritabilidade ou humor depressivo, angústia e ansiedade
  • Desanimo, cansaço sem motivo aparente e falta de vontade
  • Incapacidade ou diminuição da capacidade de sentir alegria ou prazer com atividades que antes eram gratas
  • Falta de motivação, apatia ou desinteresse
  • Indecisão ou falta de vontade
  • Sentimento de medo, desesperança, insegurança, desamparo e até de vazio
  • Sensação constante e desproporcional de culpa, pessimismo, baixa-auto-estima
  • Sensação de que a vida não tem sentido, de fracasso, de inutilidade e de morte
  • Interpretação negativa ou distorcida da realidade, quando tudo é visto de forma depressiva ou “em tons de cinza”
  • Dificuldade de raciocínio ou de concentração
  • Diminuição do desempenho sexual e perda da libido
  • Aumento ou perda de peso
  • Insônia, múltiplos despertares noturnos, dificuldade de adormecer ou sensação de sono superficial
  • Despertar precoce ou aumento do sono
  • Dores e sintomas físicos sem aparente explicação, tais como dores musculares, dores de barriga, enxaqueca, diarreia, azia, constipação e muitos outros.

Tudo isso pode aparecer de forma isolada ou em conjunto, configurando um quadro de depressão, que deve ser diagnosticado sempre por um médico!

This entry was posted in Bem Estar. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *